22 de setembro de 2007

Ligeiramente Grávidos


Ligeiramente Grâvidos é mais um daqueles filmes que ficou em primeiro lugar nas bilheterias americanas , mesmo não sendo esperado... Paranóia , Eu vos declaro marrido e .... Larry são outros exemplos. Só que tem uma diferença. Esse foi aclamado pela critica. E com justiça.

Alison Scott (Katherine Heigl) é uma jovem bonita e ambiciosa, que está para estrear como repórter de uma importante emissora de TV. Ben Stone (Seth Rogen) e seus 4 amigos dividem o aluguel de uma casa bagunçada, sendo que todos insistem em se manter na adolescência mesmo já tendo 20 e poucos anos. Alison e Ben se conhecem numa boate e, completamente bêbados, passam a noite juntos. A ligação entre eles terminaria aí, mas algumas semanas depois Alison liga para Ben para informá-lo que está esperando um filho dele. A notícia faz com que Ben passe a questionar sua própria vida, além de aproximar duas pessoas que preferiam jamais ter se conhecido.

O roteiro foi escrito pela mesma mentes talentosa de O Virgem de 40 anos e O Ancora. Judd Apatow , que também assina a direção nos apresenta uma história extremamente verossimil , e dramatica. Uma coisa que acontece diariamente no mundo. Em uma noite ter um filho com uma pessoa que você mal conhece.

Talvez, mais uma vez, o grande erro do roteiro seja classificar como comédia , já que temos poucas cenas para rir ao longo da projeção. O filme é engraçado em alguns momentos , mas nada que supere sua realidade e dramatização. Outra coisa que o roteiro peca é em apresentar o grupo de amigos de forma errada. Enquanto em O Virgem de 40 anos os amigos de Steve Carrel eram apresentados adequadamente a história , e suas participação davam um "quê" a mais na trama ; neste caso é totalmente ao contrário. Aqui os amigos Benn não faz o espectador criar simpatia. O melhor exemplo disto é o personagem Jason interpretado por Jason Segel. O roteiro queria que torcessemos para seu personagem ficar com Debbie , mas em nenhum momento o espectador o faz. Ao contrario , o espectador torçe para Rudd durante toda a projeção.

Em relação as atuações. Katherine Leighl consegue se livrar da sua personagem de Grey´s Anatomy, e faz uma atuação segura. Consegue fazer um equilibrio de dramaticidade e comédia. Outra atuação eficaz é a de Seth Rogen , que consegue evoluir junto com o espectador através de sua projeção. A talentosa Leslie Mann também tem uma atuação boa. E cumpre o seu papel ao longo da trama. Mas que realmente rouba a cena é o talentosíssimo Paul Rudd. Consegue de ator codjuvante passar para o principal em alguns momentos da trama. Nos indentificamos com seu personagem , e consegue fazer com que o espectador vire seu melhor amigo. Já está na hora de Hollywood reconhecer o talento deste excelente ator.

Seguindo a linha tênue do drama "Pequena Miss Sunshine", Ligeiramente Gravidos fica mais no termo de drama do que comédia – ainda que consiga divertir em alguns momentos. Criando um ambiente realista e carismatico , Ligeiramente Grâvidos consegue ser um grande filme, em um grande ano para o cinema.

(4 estrelas em 5)

6 comentários:

Carolina disse...

Já havia lido sobre este filme, com certeza irei conferir nos cinemas ^^

Beijoos =**

Arthurius Maximus disse...

Esses filminhos são bons apenas para a sessão da tarde. Depois de assistir clássicos inesquecível e com talentos magníficos desfilando na tela,pegar uma dessas coisa pela tangente é dose...

Luilton disse...

aparentemente bons..

obrigado pelas dicas do blog.. antes de locar um filme, umas passadinha aqui não é nada mal.

abraços.

Guga Paz disse...

Olha, votei pela troca do layout. Creio que o HP é um sucesso mt grande, mas seu bom blog não pode ficar tão ligado a ele, pois muitos e muitos cinefilos não gostam dos filmes e podem desacreditar dos seus comentários. Perjudica sua imagem, creio eu. É uma dica! Abço!

Rafinha disse...

Caralho!
esse filme deve ser massa!
Já tenho o que fazer no fim de semana... vlw!

reflexões disse...

Eu vi o trailer quando fui assistir "eu vos declaro.." e achei muito legal. Irei assistir sem dúvida.