12 de dezembro de 2007

Aracnofobia


"Aracnofobia" fez parte daquela febre que se alastrou nos EUA nos anos 90 , onde filmes de ataques sanguinários de bichos eram vistos aos montes. Exemplos como: "Ratos em Nova York" , "Tarântula" , "Piranha" , entre outros. "Aracnofobia" entra neste século como o melhor deste gênero. Bem. Vendo os outros títulos que eu coloquei a cima , não é muito difícil imaginar , o porquê. Mas deixando isso de lado. Aracnofobia cumpre o seu papel de entretenimento e satisfaz o espectador com seu bom humor...

Na história , Ross Jennings (Jeff Daniels) é um médico que, juntamente com sua família, vai morar em uma cidade do interior da Califórnia. Quando todos os seus pacientes começam a morrer misteriosamente, passa-se a suspeitar gradativamente que as mortes tenham sido provocadas por aranhas que existem em sua casa.

O ritmo do filme é um ritmo lento , mas simples e eficiente. Não dá cortes bruscos. Só faz o espectador se adaptar com o roteiro. As cenas em que somos apresentados ao novo casal na cidade. O pavor de aranha de Jennings. O médico sem escrúpulos da cidade. É tudo apresentado da forma mais simples possível. Para o espectador não sentir incomodo em excesso. É só dar uma olhada no pequeno tempo de duração. Tudo para que o espectador se sinta o mais confortável possível. Um excelente trabalho de Frank Marshall que já tinha em seu currículo grandes filmes , como: "Poltergeist" e "Império do Sol".

Em relação as atuações. Não há muito o que falar em atuações num filme de "bichos assassinos". O que avaliamos nessas horas? Quem grita mais? Mas dando uma olhada nas atuações , vemos que o mais consegue desenvolver o seu personagem , mesmo que num modo menos favorecido é o Julian Sands. Consegue fazer em poucos minutos de cena trazer um bom carisma para o publico , algo que precisava urgentemente no filme , e faz com que torcemos para ele em momentos do filme. Jeff Daniel interpreta o médico que tem pavor de aranhas, mas que será obrigado a ser o herói da história. Faz isso pessimamente. Não conseguimos ver o desenvolver do medo dele , e peca em mostrar seu lado corajoso no final da história. Volto a repetir. Não que faça nós pegarmos como base esse trabalho do ator e julga-lo. Como falei , é muito difícil criticar uma atuação num filme de aranhas. E isto se torna claro , se você visualizar o currículo do ator nos próximos anos no cinema. "As Horas" , "Boa noite e Boa Sorte". Todos no currículo do ator. John Goodman faz o que tinha que ser feito com seu personagem. Traz o aspecto cômico para a história.

Aracnofobia como foi falado é um dos melhores filmes deste gênero. Posto que só foi perder com a chegada de Serpentes a Bordo. Tem uma estrutura narrativa simples mais eficiente. O típico filme para lazer. Prepare a pipoca , mas cuide as aranhas.


(3 estrela em 5)

5 comentários:

EDUARDO GOMES disse...

A MELHOR PARTE É QUANDO O CARA NÃO CONSEGUE MATAR A ARANHA COM O SEU VENENO, E DA UMA OLHADA PARA O LADO E ACABA PISANDO NA ARANHA MESMO.

FUI.

Vinícius R² disse...

Não assisti esse filme, até porque não é do meu gênero favorito. Dos filmes de terror, prefiro os que apresentem criaturas de dimensões um pouco menores, como demônios, assombrações, sei lá. Rs.

Geoblog disse...

Muito bom seu site! Está de parabéns! Continue com o excelente trabalho!

Não deixem de conhecer meu blog com estatégias de divulgação e métodos para aumentar o tráfego de seu site/blog.

http://promocaosite.blogspot.com/

Geoprocessamento

Gis Help

Casa em Itacaré

World Cup In Brazil 2014 - FIFA

.fred. '-' disse...

é legal a parte que a aranha é atingida por alguma coisa, não lembro o que, que a camera vai acompanhando, enquanto saem gritinhos da aranha u.u

CresceNet disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.